12 de dez de 2011

Amor e Odio

| |
Desculpe-me por volta e meia amar-te e volta e meia odiar-te. Veja bem, querido: amo-te com o mais doce veneno, com a dor profunda da náusea que me causas. Choro em silêncio por odiar-te também. Mas, entenda-me: eu te amo com todo o ódio que possuo. Entenda-me novamente: eu te odeio por te amar de mais,

Autor Desconhecido
Enhanced by Zemanta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião aqui, mas não se esqueça da sua educação!
Deixe o link do seu blog, que eu retribuo a visita!
Beijinhos
ATT. Tuane Tagava